terça-feira, 27 de setembro de 2011

A merda da vida...

È mesmo injusta, é mesmo má, é mesmo uma merda, primeiro foi o meu tio a falecer de cancro, depois foi a filha, a minha prima, que também teve de passar por momentos muito difíceis, e hoje é a minha tia, a mãe dela, a esposa dele.... nem sei que dizer...nem sei que pensar...dói... é terrível e não há como acordar do pesadelo!

Deus queira que tudo acabe bem...

Sem comentários: