quarta-feira, 29 de setembro de 2010

David, o papã faz anos hoje...

Pois é meu filho, o papá faz anos hoje....38, está a ficar já pra o velhote!
Sabes amor, hoje seria um dia muito diferente, estaríamos os 3 juntinhos, iríamos passear e ao fim do dia, darias a melhor prenda que ele poderia ter... o teu sorriso e a tua companhia...mas foi um dia muito diferente....A mamã até pus rímel, na esperança de brindar ao papá um dia sem choro..mas foi impossível...Faltavas tu...

Quando fomos visitar-te a tua campinha...o papá não resistiu e chorou...chorou porque ele também sente muito a tua falta, porque também te ama tanto como a mamã... até comentou que eu pelo menos tinha passado um aniversário contigo aqui na minha barriguita, mas ele nem isso teve direito...Fiquei de rastos meu anjo...mas o teu Pai é fantástico, e logo a seguir deu-me forças e disse que vamos lutar muito para te dar-mos um mano/a.....ele diz que tem muita fé em que vamos conseguir....a mamã quer ter fé, mas só consegue pensar na falta que tu nos fazes...

Amamos-te daqui até ao céu, Lembras-te filhote?

terça-feira, 28 de setembro de 2010

E passados quase 2 meses...

Eis que o meu período apareceu....... Apareceu para me lembrar que estou na estaca cero...que tenho de começar tudo de novo...Que o meu ventre está vazio e os meus braços também...Que sou uma mulher infértil e com um filho anjo............

Para completar o dia maravilhoso, tive de ir comprar uma prenda para uma criança que adoro...pensei que seria fácil, mas foi terrível...grávidas, mães de licença de maternidade a passear os sues bebés....e eu.... de licença.....sem filho...e com um corpo ainda muito aquém do meu, coisa que também me irrita, porque nem sou mãe, nem sou a Célia....

Estes dias têm sido muito complicados...

Célia

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Como não ter saudades??? Video do David as 34 semanas




Quem diria que 2 semanas e meia depois disto o meu filho viraria Anjo....

Tenho tantas saudades dele..... Meu Deus dá-me forças...Dói tanto! mas tanto.... Como pude ficar de mãos vazias??? de ventre vazio... e de coração cheio de amor para dar sem ter a quem?????


Custa-me tanto ver a minha família sofrer...quem me dera poder ajuda-los a ultrapassar a morte do nosso menino...mas não consigo...cada um de nos terá que, sozinho, conseguir aprender a viver com esta dor terrível... Eu tento ser forte, mas é difícil, eu amo tanto, mas tanto o meu menino...eu não sei viver sem ele....Eu não vejo futuro...eu só vejo passado...eu só vejo aquilo que me foi arrancado... Pelo David continuarei a lutar para voltar a viver...


Que mistura de tudo...existem dias que até parece que vou conseguir...outros como hoje, que só me apetece gritar, chorar, fugir...Eu só quero o meu David, por favor...
Eu só queria ser mãe do David...porque meu Deus???? Porque não me deixastes???????????


A vida é mesmo cruel e difícil....


Célia

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Tenho medo...

...Do que tenho ouvido ultimamente..."está a lidar muito bem com a perda do seu filho"... "Está a fazer bem o seu luto"...Será isto mesmo verdade???? O estarei a esconder-me...

A verdade é que estou mais conformada, mais realista, nada posso fazer para o meu menino voltar, nada o trará de volta aos meus braços...mas continuo a chorar...o meu coração continua muito apertadinho, não consigo deixar de pensar nele, como seria???, o que eu estaria afazer agora???...e se vir um bebé estou sempre a procura de "parecenças" com o David... Tenho medo de me estar a fazer forte de mais e depois cair... Tenho tantas saudades dele... Entrar aqui em casa depois das mini férias, foi difícil, tudo cheira ao filho que perdi, tudo lembra as coisas que já estão no sótão guardadas, tudo lembra a minha perda geracional...

È difícil lidar com o dia a dia, é difícil encarar a vida e saber que terei de começar da estaca cero... é difícil saber que tenho de esperar tanto tempo para voltar a tentar...

Tenho medo...... mas vou continuar a lutar!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Para nunca esquecer

Ficam aqui as memórias da gravidez do meu anjo David....tudo em fotos, porque as palavras hoje não existem....


O Inicio...
12 semanas
David 18 semanas

20 semanas e 3 dias, depois de mais um lanche da APFertilidade
22 semanas


26 semanas e meia
30 semanas

32 semanas e 2 dias

34 semanas e 1 dia

35 semanas e 3 dias





A tua última foto meu anjo, no dia antes do teu falecimento, com 36 semanas e 3 dias...


E foi asssim como o meu sonho acabou, com a minha prima a dar a mão ao David....

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Que vida tão injusta...

Hoje estava a espera de uma óptima noticia, mas a vida é mesmo uma merda.....mais um negativo... Lamento tanto minha amiga... Como pode ser a vida tão injusta????... tão cruel???

São coisas como esta que cada vez me deitam mais a baixo.... Tu não mereces tanta dor...mereces sim, uma parcela do céu aqui na terra.....
Não sei como, nem sei se acredito bem no que te vou dizer...mas Deus a de te compensar de alguma maneira.... Um beijo daqui até ao céu susanita!

Os primeiros dias de fuga...

Aqui estou eu a tentar desanuviar a minha alma.... tem dado para falar de tudo e mais alguma coisa.... chorar... chorar....tentar organizar as nossas ideias... e mais uma vez concluir o quanto o nosso amor tem crescido e se tem fortalecido nestes anos...

O meu coração continua muito apertadinho...é mesmo difícil voltar a viver....as vezes tenho vontade de fugir para o meu cantinho, para o meu lugar seguro (quarto) e ficar ai sossegadinha chorando a nossa dor...mas não posso, tenho de lutar para encontrar a paz que tanto preciso... As vezes acho que não serei capaz de voltar a ter vida.... outras sei que sim ,que vou conseguir encontrar forças porque o meu menino merece que eu viva e lute por ele...por um mano/a..... por uma vida....

O mar realmente é muito bom para nos abrir os horizontes, e deixar a mente voar e acreditar....acho que já consigo ter mais pensamentos positivos do que negativos...mas continuo com muito medo do nosso futuro...... mas o medo não me vai parar....não posso deixar que isso aconteça...

è este o resumo dos primeiros dias de fuga.....

Célia

sábado, 11 de setembro de 2010

Difícil

Hoje ao fazer a mala, para rumar ao Algarve, parecia que me estavam a matar por dentro...o meu coração gritava de tanta dor, de sofrimento...como posso ir passear, quando a menos de um mes e meio enterrei o meu filho.......

Eu sei que tenho de tentar, e vou fazer de tudo por aproveitar alguns minutos de paz e namorar muito, por mim, por ele....mas é mesmo muito difícil voltar a viver...parece mesmo que o mundo me está a esmagar...que não consigo respirar... Só consigo pensar que deveria estar a dar de mamar e não a fazer malas...

Hoje pela primeira vez desde que o meu menino faleceu, fui a pastelaria onde costumava ir tomar o pequeno almoço com o meu marido, só comprei pão, e saí de lá a chorar.... não houve perguntas, não houve respostas, só um bom dia, mas aqueles olhares matam....lembram a pena que tem de mim...lembram a dura realidade, sou mãe de um anjo...


Hoje é um dia muito difícil.....
Beijos

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Historia do meu David Parte I




Como já tinha dito, este blog, alem de contar o meu dia a dia, será também para um dia mais tarde poder recordar tudo aquilo que foi a minha gravidez, as maravilhas de poder sentir um ser a crescer dentro de nos, e apesar, do desfecho terrível que a minha gravidez teve, foi MARAVILHOSO passar por todas as etapas...eu fui mãe, e talvez esta gravidez seja a única, o futuro ninguém sabe, por isso, hoje vou começar a relatar a História do meu filho David....

Depois da eco do 1 trimestre confirmar que tudo estava bem com o meu menino, decidi, com consentimento da minha GO ir trabalhar, para a minha saúde mental foi óptimo, alem de todas as minhas colegas estarem radiantes com a minha gravidez, toda a gente sabia o longo percurso por isso fui mimada e muito bem recebida na empresa...

Começaram logo a chover prendas para o meu Rapaz, a eco já tinha dado para ver o sexo,.... era tudo em azul, carros, era tudo maravilhoso, a barriguita começou a dar um bom ar da sua graça a partir das 15 semanas






(Eu com 15 semanas)
Tudo corria as mil maravilhas, análises O.K, Nada de enjoos o má disposição, eu e o meu marido irradiávamos felicidade, a minha irmã que é a madrinha já lhe tinha comprado as primeiras roupinhas....era o nosso sonho a realizar-se, a luta de quase 4 anos a chegar ao fim... O meu menino desde muito cedo fez-se sentir aqui na barriguita da mãe, as 15 semanas eu já achava que era ele, mas só tive a certeza as 17, quando numa eco a médica confirmou que o que eu estava a sentir era o meu David,


(Eu as 18 semanas)

Comecei a preparar as férias que este ano seriam em Junho, porque a data para o parto estava programada para dia 25 de Agosto, e eu não queria ir muito "grande" de férias....tudo tratado com uma grande amiga minha no Algarve, entretanto fiz anos, foi o aniversário mais especial da minha vida, acreditei que depois daquele, qualquer outro seria superior a aquela alegria, pois o meu menino já estaria no meio de nos, fiz uma mini festa, para celebrar o último aniversario a dois, foi uma noite muito bem passada


(24 semanas e 5 Dias)

Mal sabia eu que passados 15 dias entraria de baixa, porque o apresado David queria vir conhecer os pais....hoje penso se não teria sido melhor....

Tudo continuou a correr bem até a consulta das 26 semanas e 6 dias.. Ficam aqui mais umas fotos da minha barriga


26 semanas 26 semanas e 4 dias

Até este domingo foram dias óptimos, já sentia algumas contracções, mas estava a ser medicada com magnésio desde as 22 semanas, por isso acreditava que era mesmo falta de descanso, e que como as férias estavam a chegar o descanso iria melhorar tudo, alem de que ia aproveitar as férias para preparar o quarto do bebé....sempre sonhei em ter o quarto prontinho para a chegada do meu bebecas...


Bem por hoje já chega...amanhã continuo....as lágrimas teimam em não parar, e já demorei quase 2 horas a escrever isto....


Muitas pessoas podem pensar que sou masoquista...mas eu amo com todas as minhas forças o meu bebe, e apesar de chorar e sofrer ao lembrar esta etapa maravilhosa, também fico feliz por saber que foi verdade, por mostrar ao mundo que ele existiu e por poder de algum modo perpetuar a sua estadia aqui na terra...é uma mistura de sentimentos que não consigo explicar...só sei que quero que toda a gente saiba o felizes que fomos, tanto eu como o pai, como o David...como todos os que nos conhecem e nos amam.... Para mim, continua a ser o melhor da minha vida...o meu filho David... mas tenho tantas saudades tuas meu filho, continua a doer tanto.............


Consulta psiquiátrica...

Foi na terça feira, gostei da Dr, muito realista e pouco apologista de medicamentos, falei, chorei, contei a nossa história e sai de lá com a sensação de que realmente ninguém pode fazer nada para me ajudar... só eu....

Ela achou que estava a fazer bem o meu luto....Como se faz bem um luto????...... que não me queria medicar porque estaria a mascarar sentimentos e atitudes pelas quais tenho de passar agora, e depois ai sim, poderia ter uma verdadeira depressão e ficar mesmo com mazelas e ter de ser medicada por uma "doença real"...

Resumindo, segundo ela mais o menos 6 meses é o tempo médio para se fazer o luto, e recomeçar a ter-mos uma vida mais "normal" diz que faço bem em chorar porque tenho de chorar toda a mágoa que tenho, que falar é uma das melhores terapias para ultrapassar um desgosto destes, e como eu choro e falo....ela acha que estou no caminho certo para conseguir ultrapassar a perda do meu filho....

o que eu acho??? Ela não deixa de ter razão...mas parece-me irreal vir a ultrapassar a morte do meu David...ainda ontem tive um dia terrível, a minha amiga que engravidou comigo e que partilhamos tantas coisas no decorrer de quase 9 messes (que já tem o seu menino nos braços e que eu já lhe tinha dado os parabéns por sms) ela que ainda não tinha tido coragem de falar comigo desde a morte do David.....ligou-me ontem...nem vos quero contar, choramos tanto!!!!!! ela por saber o quanto eu sofro por ver no seu filho o meu, por saber toda a minha luta, por achar tudo a maior injustiça do mundo e eu por não conseguir controlar-me, por lembrar-me de todos os planos que tínhamos para a licença...de lembrar-me do meu David, do quanto o amo e das saudades que tenho dele, de ser mãe...e ainda por cima senti-me mal por ver que ela sofria por minha causa... e isto só pelo telefone, nem quero imaginar o que será quando estivermos juntas.... A partir daquele telefonema invadiu-me uma tristeza tão grande…um vazio tão grande… que só quis chorar e embrulhar-me na minha cama….

Continuo a perguntar-me todos os dias se eu teria conseguido evitar isto....que poderia ter feito de diferente???? eu quero tanto ter o meu menino!!!!!!!!!!!!!!!! Meu anjo, fala para a mamã, diz-me que estas bem...que não sofrestes, que sentes todo o amor dos teus pais... Meu Deus por favor cuida dele...e dá-me forças para continuar a fazer de conta que vivo.....será mesmo que algum dia voltaremos a viver????

Para a semana, e após muita insistência do meu marido, vamos passar uns dias fora, vamos tentar desanuviar a cabeça, ver outras caras, estar noutros sítios que não me lembrem tanto toda a minha gravidez e o desfecho...mas a dor vai connosco, as saudades....as dúvidas....por isso a ver vamos se conseguiremos tirar proveito a estes dias...Eu por um lado quero muito ir, parece que vou fugir de tudo, mas sei que isso é impossível...

e ká continuo, tentando viver um dia de cada vez...mas com tanto medo do futuro…

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Regresa a mi...

A música não é de amor de mãe para filho...mas descreve mais o menos aquilo que eu quero...que sinto....Hoje já estou mais calma, mas a verdade é que o caminho é feito de altos e baixos...

domingo, 5 de setembro de 2010

Ai meu deus....

...Que é isto??????? que dor tão horrível estou a viver???? que pesadelo é este??? como pode ser possível alguém sofrer tanto...David onde estas???? como fostes embora??? Como nem sequer tive oportunidade de lutar por ti???' Como pode ser tudo tão cruel no meu dia a dia??? Como adormeci a ser mãe e acordei a enterrar o meu maior tesouro...perdi o norte, o sul, perdi os meus sonhos....

Durante o dia sou a "nova Célia", caminho, falo, convivo com pessoas, até sou capaz de rir, tento ajudar aos outros,.... sou "forte" e "jovem" por isso aguento bem esta terrível tareia que a vida me deu...(isto tudo segundo os especialistas da minha vida)......mas a verdade é que por dentro estou morta, nada tem significado...eu luto contra isso, eu agarro-me ao meu marido, eu tento...juro que tento.... ele tenta fazer planos..... mas eu não consigo sonhar....eu tento pensar num futuro melhor, mas vem logo a tua imagem meu amor, aquela carinha linda aquele corpinho perfeito, aquele cabelinho preto, aquele colinho que te dei, aqueles beijos todos...tudo, mas tu já não respiravas...tu já tinhas partido,.... segundo alguns, para um sitio melhor, onde cuidas dos teus pais....mas era eu, quem te deveria estar a cuidar... eu quero-te é a ti, ao menino que esteve aqui dentro de mim, me deu pontapés, ouviu música com a mamã, resmungou quando o jantar era peixe, andava aos pulos quando a tua tia/madrinha te falava baixinho na barriga....que adorava doces...é esse bebé que eu quero....Eu amo-te tanto que não sei como voltar a viver sem ti...

Sabes meu anjo, as festas aqui da terra, começaram ontem...e eu tinha sonhado tanto em levar-te a passear lá, a dar a voltinha a praça, e mostrar ao mundo o meu bem mais precioso, o meu filho, a luta e concretização de 4 anos de caminho na infertilidade...mas tu não estas....

Sei que só poderei continuar a amar-te e a cuidar-te desde aqui, da terra, mas não me conformo, não quero conformar-me.....Meu lindo filho, meu reguila, a mamã tentará dar-te um mano, mas nunca ninguém ocupará o teu lugar, nunca ninguém roubará todo o amor que eu tenho por ti.... Tu David serás sempre o meu primeiro filho.... Eu sou tua Mãe e isso, ninguém mo pode roubar...

Desculpem este desabafo, mas aqui é mais fácil, não incomodo ninguém nem faço ninguém ficar mais triste, os meu pais estão de rastos, e quanto pior eu estiver eles pior ficam...

Ontem foi um dia terrível....chorei tanto, desesperei, acho que até perdi o controlo, o meu marido já nem sabe que mais me fazer...até a ele eu fiz chorar...mas o meu coração deu um nó terrível, pensei que já estava a conseguir devagarinho superar a teu falecimento, mas ontem e hoje não foram dias fáceis, por isso já decidi, vou procurar ajuda, porque sozinha não estou a conseguir...e não quero continuar a magoar a quem mais amo....

David, se conseguires ouvir as minhas súplicas, ajuda-me por favor, dá-me força para poder viver sem ti ao meu lado, para poder resignar-me, para compreender o porque partistes assim tão de repente e sem justificação nenhuma...será que eu seria assim tão má mãe que não quisestes ficar comigo????

Tenho tantas saudades tuas meu filho….
David, amo-te daqui até ao céu... Lembraste??

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

a 5 anos atras...

Foi assim...







Um dia magnifico, muito quente, com direito a 21 morteiros a saída da igreja, muito feliz, cheia de sonhos cor de rosa, acreditando que o mundo estava aos nossos pés...que tínhamos tudo para conseguir tudo aquilo que desejávamos...

Hoje 5 após esse dia, o Amor aumentou, a cumplicidade é única, e continuamos tão apaixonados como nesse dia...mas já sei que há sonhos de muitas cores, que o mundo muitas vezes esmaga-nos e que temos de lutar e muito, por coisas tão simples, tão naturais.....

O nosso dia de hoje não é assim feliz, foi-nos roubado o nosso tesouro, a prenda que tanto queríamos partilhar.... Mas tentaremos celebrar de um modo diferente, porque continuamos juntos, porque a infertilidade não nos separou e porque a morte do nosso David fez com que deixasse-mos de ser duas pessoas a partilhar a vida.. Agora somos uma só, a partilhar a dor e o amor...

Beijos

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

01-09-2010

Faz hoje um mês que as 8:40 da manhã o meu filho David Joaquim De Paiva Sousa faleceu, tinha 37 semanas de vida, ainda chegou ao hospital vivo, mas depois de uma cesariana de urgência Deus converteu-o em Anjo...Morte súbita dizem os especialistas....mas pouco posso fazer hoje ..... levar umas flores,...oferecer-lhe um carrinho......ascender uma vela....rezar muito para que nos dê forças...e mais nada, tudo o resto foi-me tirado a um mes atrás...

Estou imensamente triste, desfalecida, sem vontade nem coragem,.... Mas Já consigo sentir que algum dia voltarei a rir, que algum dia voltarei a apreciar tudo o resto que tenho na minha vida, que não é pouco, e que é muito bom e maravilhoso.... nunca conseguiremos ser os mesmos, mas tentaremos ser parecidos… ….hoje….. Hoje só consigo chorar, e perguntar...... porque????????? Teria eu conseguido evitar isto????????será que alguém merece tamanha dor?????? E tantas outras que dão voltas e voltas na minha cabeça… mas Nenhuma pergunta tem resposta, Só Deus e o meu David é que sabem... Tenho tanto medo do nosso futuro!! Foram quase 4 anos para alcançar esta gravidez, será que algum dia voltarei a engravidar???? E a adopção….cada vez que ligo para lá o tempo de espera aumenta…já nem nisso consigo acreditar…..


Este blog foi deixado ao abandono por medo de continuar uma história que não tivesse um final feliz, sempre com medo de que a barreira das 12 semanas fosse um mito....e assim foi,…. mas hoje decidi que este cantinho tem de continuar a viver, tem de manter viva a memória do meu filho David e tem de contar a história de uma família que lutou, luta e lutará por encontrar o seu Happy End, que encontrará os seus filhos no colo, num futuro melhor.....será mesmo que conseguiremos ultrapassar esta dor??? esta perda??? hoje não consigo pensar, nem escrever, mas não podia deixar a data passar em branco.....prometo vir contar a HISTORIA DO MEU FILHO DAVID!!!!!!!!!!!


Para ti, minha irmã, que sei que me lés e que me tens acompanhado com todas as tuas forças, que tens sido um anjo na terra para me ajudar a ultrapassar isto, um MUITO OBRIGADO, nunca te esqueças, Amo-te muito!!

E para ti meu filho, um beijo enorme do tamanho do mundo e nunca te esqueças…. os pais amam-te daqui até ao céu......Lembraste???

Célia