quarta-feira, 1 de setembro de 2010

01-09-2010

Faz hoje um mês que as 8:40 da manhã o meu filho David Joaquim De Paiva Sousa faleceu, tinha 37 semanas de vida, ainda chegou ao hospital vivo, mas depois de uma cesariana de urgência Deus converteu-o em Anjo...Morte súbita dizem os especialistas....mas pouco posso fazer hoje ..... levar umas flores,...oferecer-lhe um carrinho......ascender uma vela....rezar muito para que nos dê forças...e mais nada, tudo o resto foi-me tirado a um mes atrás...

Estou imensamente triste, desfalecida, sem vontade nem coragem,.... Mas Já consigo sentir que algum dia voltarei a rir, que algum dia voltarei a apreciar tudo o resto que tenho na minha vida, que não é pouco, e que é muito bom e maravilhoso.... nunca conseguiremos ser os mesmos, mas tentaremos ser parecidos… ….hoje….. Hoje só consigo chorar, e perguntar...... porque????????? Teria eu conseguido evitar isto????????será que alguém merece tamanha dor?????? E tantas outras que dão voltas e voltas na minha cabeça… mas Nenhuma pergunta tem resposta, Só Deus e o meu David é que sabem... Tenho tanto medo do nosso futuro!! Foram quase 4 anos para alcançar esta gravidez, será que algum dia voltarei a engravidar???? E a adopção….cada vez que ligo para lá o tempo de espera aumenta…já nem nisso consigo acreditar…..


Este blog foi deixado ao abandono por medo de continuar uma história que não tivesse um final feliz, sempre com medo de que a barreira das 12 semanas fosse um mito....e assim foi,…. mas hoje decidi que este cantinho tem de continuar a viver, tem de manter viva a memória do meu filho David e tem de contar a história de uma família que lutou, luta e lutará por encontrar o seu Happy End, que encontrará os seus filhos no colo, num futuro melhor.....será mesmo que conseguiremos ultrapassar esta dor??? esta perda??? hoje não consigo pensar, nem escrever, mas não podia deixar a data passar em branco.....prometo vir contar a HISTORIA DO MEU FILHO DAVID!!!!!!!!!!!


Para ti, minha irmã, que sei que me lés e que me tens acompanhado com todas as tuas forças, que tens sido um anjo na terra para me ajudar a ultrapassar isto, um MUITO OBRIGADO, nunca te esqueças, Amo-te muito!!

E para ti meu filho, um beijo enorme do tamanho do mundo e nunca te esqueças…. os pais amam-te daqui até ao céu......Lembraste???

Célia

14 comentários:

C.F. disse...

Bem sabes o quanto sinto...
Um abraço muito apertado para ti e um beijinho para o pequeno David.
Coragem, acredita que a tua vida voltará a ter Luz.

Juliana disse...

Olá Célia, sempre li seu blog e quando vc parou de atualizá lo,vinha sempre aqui atrás de notícias.Enfim vi através de outros blogs o que tinha acontecido.Fiquei muito, muito triste, pensei diversas vezes em vc e como queria poder ajuda la.Meu nome é Juliana, sou brasileira e assim como vc, perdi meu João com 31 semanas , faz um ano.Tenho um filho Gabriel de 10 anos.Gostaria de lhe dizer que é mesmo possível votar a sorrir, acreditar em um futuro melhor e ter a certeza que o David lhe trouxe muitas coisas,e viverá pra sempre em seu coração!Quero através daqui lhe dar um grande abraço, mesmo que virtual, lhe desejando muita força.Meu email é juliananga@gmail.com, se puder me mande um email, podemos conversar mais e trocar encoragemento.Força e fique em paz um beijo enorme.

Isa disse...

Hoje encontrei o teu blog e infelizmente li o que li.
Sei o que é perder um bebé no início de uma gravidez, mas não imagino a dor que sente uma mãe que carregou um filho durante quase 9 meses.
Acho que as mães nunca deveriam ter de passar por nenhuma destas situações, não é justo...
Só te posso deixar um beijo enorme e um abraço muito apertado.
Muita força e coragem!

Maggie disse...

Querida Célia, um beijinho mto grande neste dia dificil e em todos os dias dificeis.
Acredito que um dia ainda vais ser mto feliz e estes dias dificeis vão ficar assim mto longe...
Mta força e coragem, não desistas!
A minha cunhada Ana tbém perdeu o Martim ás 37/38 semanas, foi dificil, mas hoje está bem. Foi á 2anos.
Maggie

pamgvb disse...

O 1º passo está dado =) tal como o David, estou orgulhosa de ti!!!

Força!!!

NatáliaC disse...

não tenho plavras para descrever a minha dor e tristeza perante esta situação... não paro de pensar em ti e na dor que trazes no teu peito, no teu coração...
deixo aqui um bjs mto grande carregado de força e carinho

li@ disse...

Já acompanho há algum tempo o teu blog, quando soube da gravidez fiquei super feliz e a torcer para que tudo corresse bem. Quando soube da morte do pequeno david fiquei triste e com raiva, ninguém merece passra por isso. Agora, torço para que encontres o teu caminho com muita força e coragem! Acredita... um beijo
li@

Lolita disse...

Querida, já te disse tudo ou quase tudo no fórum.
Como já disse escreve deita cá para fora, nós estaremos cá para te apoiar.

Vais ver que este blog vai ser um albúm mto bonito com um anjo no céu.

O tempo ajuda a sarar a ferida mas a cicatriz vai ficar, mas um dia o sol vai brilhar e estaremos cá para ver.

Beijinhos e mta força...

Maria Pereira disse...

Que te posso dizer, amiga? Que a vida não é justa, que estas coisas nunca deviam acontecer mas acontecem... Nem consigo imaginar a dor que vai no teu coração, eu tive um aborto espontâneo às 7 semanas e fiquei de rastos... Por isso apenas te deixo um beijinho muito grande, votos de muita coragem e um beijinho para o teu anjo David, daqui até ao céu

Xana disse...

Célia,
tenho acompanhado o teu blog e a tua luta e por isso quando soube da tua gravidez fiquei muito feliz.
Ontem, ao ler a triste notícia da perda do teu menino fiquei tão mas tão triste! A vida é tão injusta...
Eu também sou mãe de uma anja, a Leonor, que partiu às 29 semanas de gravidez.
É horrível, é avassalador, é ... sei lá!! Para mim foi o pior que já me aconteceu na vida!
Foi duro levantar a cabeça, mas felizmente e imprudentemente engravidei logo de seguida, o que me fez renovar a esperança!
Hoje tenho uma Maria com 1 ano que é a minha alegria.
Nunca me esqueço da Leonor, e ainda não aceito bem a sua perda.
Foi na Associação artémis que encontrei ouras mulheres como nós, que me ouviram e confortaram, e que me fizeram ganhar de novo o ânimo.
Um enorme beijinho cheio de força. (Lamento muito a tua perda, se precisares de desabafar procura-me por aqui ou procura outras mães de anjos como nós no forum da associação artémis porque ajuda muito desabafar com mulhers que passaram pelo mesmo)

Susana Pina disse...

Minha querida, sabes o quanto eu sinto a tua dor, dor que também é minha, dor que perdura depois de 4 anos da perda da Leonor e da Beatriz.
Ultrapassar acho que nunca se ultrapssa, o tempo ajuda a transformar a dor em saudade e acabamos por aprender a viver com ela.
À noite quando olhos as estrelas consigo ver lá as minhas meninas e é desta forma que me mantenho em contacto com elas e assim mato as saudades.
Coragem Mamã Célia. O teu David está lá no meio das estrelas muito orgulhoso de ti.
Um grande bj cheio de força
Susana

Martense disse...

Olá,
Também eu já seguia o teu blog à algum tempo mas nunca tinha comentado. Soube do que te aconteceu por outras meninas da Artémis e depois li o teu testemunho no site da Ass. Infertilidade.
Só te posso dizer o quanto as tuas palavras chegaram ao meu coração.
Nessa noite não consegui dormir...estava triste e furiosa...
E ainda estou...
Senti que foi a gota de àgua!!! E arrebentei!!!
A única coisa que te posso dizer é que não vou ficar de braços cruzados à espera que mais mães percam os seus filhos sem razão...
Estou a pesquisar, tem que haver alguma coisa que possamos fazer, tem de haver, preciso de acreditar nisso mesmo.
Perdi o meu filhote às 23 semanas sem razões conhecidas... à quase 2 anos. E ainda nã ovoltei a engravidar. Tive muitas dúvidas que voltaria a tentar. Também nós estamos à espera de adoptar.
Para já deixei abri todas as portas, Adopção e voltámos a tentar engravidar, mas deixei nos destino a escola para o que vais acontecer. Já voltei a sorrir. Aprendi a viver com a minha perda. Tu também vais dar a volta. MAs não tenhas pressa. Chora chora chora tudo. E dá-te tempo para fazer o teu luto.
Pelo teu testemunho vejo que és uma grande mulher.
O que te desejo é o que desejo de melhor para mim. Força, muita força.
Um abraço apertadinho.

mjm disse...

Minha Querida,
Só consigo dar-te um Grande Beijinho e pedir que do Céu o vosso Filho vos envie toda a Força que necessitam para continuar a viver...
Um Xi Apertadinho!
Força Amiga!

Lina disse...

Muito triste... sem palavras mas deixo aqui 1 beijinho de conforto...
Lina