segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Amanhã...

Volto a morrer....e volto a tentar levantar-me das cinzas...

E eu que em tempos pensei que só se morria uma vez.....

domingo, 30 de janeiro de 2011

Serra da estrela

Na quinta feira, o meu super maridão viu as previsões do tempo para o fim de semana, e (como ele sabe que adoro neve e que ando em dias mais complicados") fez-me um convite irrecusável...ir passar o fim de semana para a Serra da Estrela! bem, tudo um pouco em cima da hora, mas lá conseguimos despachar tudo! Até tivemos de desmarcar o fim de semana em Viana do Castelo (casa da sogra)... e sexta a tarde já rumávamos para terras altas, leva-mos a minha primita de 7 anos, a minha quase filha, como ela diz e lá fomos os três para uns dias diferentes...
Na sexta ficamos a pernoitar em Manteigas, e logo no sábado, bem cedinho fomos até a torre, passeamos, brincamos e desfrutamos de um belo dia de frio e neve! a tarde descemos até a Guarda, cidade que adoro, (achou-a muito linda, parece aquelas cidades de filme de natal! :-) ) ficamos por lá a dormir, hoje lá vínhamos sem destino e acabamos por ir até a costa Nova em Aveiro e que belo dia de sol que apanhamos, resumindo foi um fim de semana muito bom, mas soube a pouco, com muitas saudades a mistura, sempre acompanhada pelo meu anjo, e pela minha menina, que fala dele como eu gosto, como eu quero falar num futuro...ela o tem sempre na memoria e brinca com ele, ralha com ele... estávamos nos a fazer um boneco de neve com ela, e de repente muito senhora do seu nariz diz, bem, mas agora eu tenho de fazer um anjo, o anjo David, que assim fica aqui a brincar connosco...e fez.....deito-se na neve, abanicou os braços e as pernas, e escreveu o nome, e eu sorri, e a minha alma encheu-se, porque sei que ele viveu, ele vive e viverá para sempre... não só no meu coração, mas no coração de quem também o ama...

Aqui fica o registo de um bom fim de semana, de um fim de semana como a muito já não tinha.

Que dupla!

Digam lá, não é igualzinho ao meu menino??? Umas lindas e grandes assas para voar muiiito alto!

E Aqui fica a mãe, para recordar... eu sei que ninguém acredita em mim, mas eu olho e vejo....vejo como envelhesí neste tempo.... como aquele olhar de fogo, se transformou em um olhar gélido, vazio...como a vida nos molda!

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Dias mais dificeis

Estes últimos dias tem sido algo complicados, sinto-me cansada, sinto-me sem força, sinto-me triste, sem norte... sem sul.... Contrariar o que o corpo quer é muito difícil, o corpo pede cama...e eu saio.... o corpo pede gritos de dor, e eu sorrio..... o corpo pede silencio e eu converso....tudo em nome de não ficar mais louca, tudo em nome de não me render a uma depressão, porque tenho de ser forte, porque tenho de lutar, porque não posso permitir que outros sofram ainda mais por mim........tudo em nome de viver.....mas será que vivo???? acho que me limito a ver viver...que me limito a dizer que tudo está bem, que estou a conseguir, quando na realidade, sinto me cada vez mais perdida... com mais medo do futuro, com mais medo de nunca vir a ser mãe de uma criança viva....

Além de toda a dor que continuo a sentir, tenho um medo terrível do futuro.... sei que tenho muitas coisas boas na minha vida, tenho um marido maravilhoso, tenho uns pais e irmã que são tudo e mais alguma coisa para mim, tenho amigos que nunca me abandonam, apesar de eu estar longe em pensamentos....mas assim e tudo, a dor que sinto não me deixa apreciar tudo o que a vida de bom me oferece...porque a dor nos tolda os pensamentos e nos condiciona a vida.... mas eu vou conseguir... eu vou voltar a acreditar, eu vou voltar a sonhar, eu vou voltar a gostar de viver... porque tu mereces meu amor, tu mereces uma mãe que tenha vida para perpetuar a tua memória e amar te até ao fim dos seus dias... Amo-te David, amo-te daqui até ao ceu...e cada vez sinto mais a tua falta...ensina-me a viver contigo tão longe de mim, por favor......

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Chegar a casa

Depois de 45 minutos de aeróbica e ter o jantar pronta na mesa!! è só mimos por estes lados!

Há quem tenha uma bimby...mas eu tenho um Bymbo!!! fresco e fofo!!!!


Amo-te super maridão!!!

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

E aqui em casa...

...a árvore de natal continua no mesmo lugar, com os mesmos enfeites...custou muito monta-la...mas parece que desmonta-la não está a ser muito mais fácil!!!

Beijos

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Um café muito especial

Foi o que tive ontem ao fim do dia, com uma companheira de luta, que começou por ser amiga virtual, mas que já faz parte das minhas amigas de carne e osso!! Obrigada Vera, foi muito bom o nosso encontro, pena o tempo ter passado tão depressa, mas estas feita ao bife, agora não te livras de mim tão facilmente!
Para variar fui logo mimada, ofereceu me um anjinho LINDO!!! eu sei que pode parecer repetitivo, até aborrecido, mas é mesmo muito importante para mim estes gestos, estas figurinhas tão sem importância para uns, aquecem o meu coração...e como diz a canção... O meu Anjo da Guarda, deixa-me voltar a sonhar....

P.S. fica em divida a fotografia do meu anjinho, mas a máquina não tem bateria!

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Parabés Mónica!

Um beijo daqui até ao ceu!! e um beijo também muito grande e especial para a tua mãe coragem!!

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

E para começar o Ano

...Soube hoje que em Junho volto a luta......e de repente, um misto de emoções e sentimentos se apoderaram de mim.... é um medo terrível... uma vontade ainda maior de nunca desistir...e uma dor que me arranca o coração... E ainda falta tanto!!!!

E se nunca mais volto a conseguir engravidar??? sei que tenho de ser positivo e tudo e mais alguma coisa, mas, como se faz????, alguem me explica como afastar estes sentimentos todos??? esta angustia???esta dor??? sim, mas expliquem-me como se fosse muito burra!!

sábado, 1 de janeiro de 2011

01/01/2011

Hoje é o primeiro dia do ano...hoje é um dia triste...hoje faz 5 meses que o David foi viver junto com os outros anjos...hoje é difícil...deveria estar cheia de ilusões, pedir um ano cheio de coisas boas, sonhar com dias "melhores"...mas hoje é um dia difícil....por mais que queira, não sei descrever o ano de 2010, se por um lado tive os piores momentos de toda a minha vida, por outro, tive os melhores de sempre, foram muitos meses a sonhar, a sentir e a viver o meu filho...consegui sentir que tudo o que desejara já se tinha cumprido, porque se cheguei até as 36 semanas, já nada poderia correr mal....como me enganei.... hoje não consigo deixar de me lembrar na felicidade e no medo que a um ano atrás sentia.... O David já crescia dentro de mim, mas por causa de umas perdas de sangue, estava com medo, nada que uma ida as urgências no primeiro dia do ano de 2010, não resolvesse, com um tum tum bem forte o meu coração descansou... Esse dia foi mágico, sonhei e acreditei que este seria o meu ano...Hoje não tenho sonhos, não porque não os sinta crescer dentro de mim, mas porque não quero mesmo sonhar...quanto mais se sobe, mais dura é a queda....não houve desejos, nem uvas passa junto com as badaladas da meia noite, não quero sonhar, não quero criar nenhuma ilusão só quero continuar a ser forte para conseguir aceitar o que a vida me reserva...só quero tentar nunca deixar de lutar...só quero conseguir viver...