sexta-feira, 1 de junho de 2012

22 meses


Hoje faz 22 meses que já não estas aqui, quase 2 anos, e ainda não sei muito bem como lidar com o aperto no coração, com a solidão da alma, com a tua ausência... Um dia de cada vez..

Sou feliz filho, mas isso tu já sabes, tu já o sentes, mas nunca serei "completamente" feliz, porque me faltará sempre aquele meu pedacinho de céu, tu.... Obrigada por me deixares amar te eternamente, por me permitires aprender que nem a distancia de um mundo, de um céu, de um todo, pode fazer com que um amor de mãe diminui-a...serás sempre meu, eternamente meu, e um dia, poderemos viver num mesmo plano, juntos novamente...e para sempre!

David, feliz dia filho!

Eternamente tua.

Mamã