quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Mais uma vez...

Muito obrigada a todas pelas vossas palavras de carinho, amizade e de coragem! sei que sou repetitiva, mas é muito mais fácil este caminho, quando encontramos tanta amizade!!

Quanto ao post anterior, acho que não me expliquei bem, (mas em mim é normal,....meia portu, meia venezuelana!) eu quero saber o que aconteceu ao meu menino, disso não tenho a mais mínima dúvida, a questão é mesmo entre escolher por já ir buscar o relatório preliminar, que pode não dizer nada, o não dizer toda a verdade, ou esperar até ao relatório final....

Mas eu já escolhi, vou mesmo pedir uma cópia na próxima quinta, deve sempre dar alguma luz sobre o que aconteceu naquele fatídico dia...

6 comentários:

Anónimo disse...

Querida amiga,

É com emoção que vejo no teu blog o poema que te enviei para te dar um pouco de força... li-o vezes sem conta quando eu própria me debatia contra a dura realidade de querer ser mãe e não conseguir. Mas recomecei, SEMPRE. Depois de cada desilusão, continuei a sonhar e hoje o sonho é real! Sou mãe e agradeço todos os dias, o facto de nunca ter desistido, apesar de todas as dificuldades. Não desistas também! Um grande beijinho para ti amiga! FORÇA

Maria Pereira disse...

Tal como disse, tens de fazer o que te diz o teu coração. E não és nada repetitiva, precisas de desabafar, de tentar tornar o teu sofrimento um pouco menor...

Um beijinho grande

Isa disse...

Podes dizer o que quiseres, as vezes que sentires necessidade. Até porque este cantinho é teu e dizes aqui o que te apetecer!
E que esses resultados vos tragam um pouco de paz de espírito!
Beijinhos

Susana Pina disse...

Tens que fazer o que te mandar o teu coração amiga.
Desejo-te toda a força para mais este momento.
Um grande bj
susana

Lolita disse...

Repetitiva?! Mas se é isso que sentes!!! Não podes apagar os teus sentimentos e escrever outra coisa que ñ seja o que sentes... Além de que o blog é teu e escreves o que queres...
Qto a nós, ñ precisas de agradecer, a "amizade" se assim se pd chamar ñ se agradece, aproveita-se, e é nestes momentos em que mais precisámos dela...

Pois qto ao resultado realmente eu ñ entendi bem aquilo que querias dizer tb ñ interessa, mantenho o que disse...

Ah e outra coisa, tenho mto orgulho em te "conhecer", és uma grande mulher!!!

Mil beijos carregados de força:)

Carla disse...

célia,
vir ao teu blog é como mergulhar numa realidade que é madrasta, contudo... enquanto psicologa posso dizer-te que és uma mulher cheia de recursos internos e o que tu sentes, faz parte do processo de luto. continua a escrever, escreve até mais não e dps vsi relendo o que foste pensando, sentindo e agindo...
enquanto mãe, ao ler-te o meu coração fica apertado e triste.
O confronto com os resultados é a etapa seguinte do teu luto.
FORÇA