terça-feira, 15 de março de 2011

Será normal...

...ter terror de voltar a tentar??? será normal desejar ficar "assim", só mãe de um anjo???? Será normal desejar com todas as minhas forças que o meu filho do coração chegue rápido, mas não desejar que chegue junho???? Será normal preferir ficar na dúvida do que enfrentar novamente os desafios psicológicos e físicos de um ou vários tratamentos??? será normal achar que não vou conseguir viver com "sanidade mental" 9 meses de uma possível ( ou não) gravidez???? Será normal ter mais medo de ficar louca com os possíveis negativos ou contratempos de uma nova gravidez do que com a morte do meu David??? será normal sentir que morri, e que nada me traz de volta a vida??? será normal desejar acordar deste terrível pesadelo???? Será normal sentir que conseguirei ser mais feliz, se nunca voltar a tentar?....... Será normal acreditar que engravidarei logo a primeira tentativa...será normal fazer dois planos de vida para o mesmo tempo???

Para mim, tudo é e deixa de ser normal num milésimo de segundo...para mim tudo e nada faz sentido... para mim, a minha vida só voltaria a ser vida, se eu conseguisse ter novamente o David comigo.... para mim, e para muitos que me amam incondicionalmente...

10 comentários:

Vera Raposo disse...

Célia.. Acredita que é tudo normal. O medo da repetição.. O pavor de perder... Mas acredita que nós somos fortes e conseguimos ultrapassar todos esses medos.. Quando te sentires preparada vais ver que as coisas acontecem naturalmente. Não forces, nem exijas demasiado de ti.. Vais sentir no teu coração a o desejo, juntamente com a força necessária. Muitos beijos.. de uma mãe para outra mãe...

Isa disse...

Olá querida!! Claro que isso é tudo normal, os medos, os receios as esperanças, os desejos... o sentir que se quer uma coia agora e passado um segundo achar precisamente o contrário.
Sempre achei que depois do que me aconteceu da primeira vez, não teria mais coragem nem força de voltr a passar por tudo isso, mas infelizmente tornou a acontecer uma e duas vezes...
Esta gravidez não tem sido vivida na sua plenitude devido a todos os momentos do passado que sempre me irão acompanhar, mas se não tentasse não estaria a viver os melhores momentos da minha vida.
Amiga, nós somos mais fortes do que imaginamos!! Conseguimos enfrentar e superar tudo o que a vida nos reserva.
Dá tempo ao tempo e vais ver que será o teu próprio coração a dar-te todas essas respostas!
Beijo enorme e um abraço bem apertadinho!

Xanica disse...

Tudo o que dizes é normal e legítimo.
Em Junho irás ter forças para o tratamento e tudo se irá desenrolar, mas é tudo normal, esse turbilhão de pensamentos.
Estou aqui para te ouvir e apoiar nas tuas decisões que serão certeiras.
Bjks muito grandes, adoro-te.

Roberta Marques disse...

Eu preciso acreditar que tudo isso é normal! Todas nós mães de anjos precisamos crer nisso. Já sofremos uma, duas e algumas de nós até três vezes, então, não seria normal sentir um medo de acontecer tudo novamente? Não seria normal não querer passar por tudo de novo, mas ao mesmo tempo querer novemente engravidar para poder ter nossos filhos nos braços? CLARO QUE É!
Só não se pode deixar que o medo domine nosso coração e nossos sentimentos bons. Deus cuida de cada mãe de anjo pessoalmente, afinal, Ele escolheu a cada uma para gerar Seus Anjos!
Acalme seu coração minha querida, tudo a seu tempo. Um pouco de medo é bom e nos faz valorizar cada segundo, pois sabemos quão terrível pode ser o dia de amanhã. Só não espere que seu amanhã seja o pior. ACREDITE o amanhã será muito melhor que o ontem!

Um forte abraço com todo meu carinho.

Roberta
http://estamosjuntoseoqueimporta.blogspot.com/

Célia disse...

Obrigada pelas voças palabras de coragem! como bem sabem, há dias mais complicados do que outros..ontem não foi facil, mas hoje já estou melhor...a ver vamos como se anda nos próximos dias!

beijos

sweet disse...

É normalissimo... à um ano atrás estava grávida de 13 semanas quando foi detectada uma deficiência no bebé e ela acabou por morrer...e até hoje sinto-me num pesadelo. Apesar de já ter um filho com 5 anos... é como se faltasse algo. Quanto às tentativas, já à seis meses que ando a tentar engravidar e não estou a ser bem sucedida, o que ainda piora mais um pouco o meu estado de espírito... Força e coragem...

Um beijo

patricia disse...

É normal minha querida.
Tenho uma amiga que perdeu a filha no parto, 4 meses depois voltou a engravidar, esteve deprimida, correu risco de vida e ainda hoje fala na 1ª filha, mas um novo amor veio, um filho não substitui o outro, mas o nosso coração é tão grande que dá para vários amores.
O tempo ajuda a minimizar a dor...acredita...
Se calhar era mesmo melhor partires para outro ttt, mas tenta ir sem muito stress, aproveita cada minuto.
Um bj enorme enorme de uma mãe que conseguiu o seu Tesouro na 2ª ICSI

Dragonfly disse...

Muita força!

Claudia Martins disse...

Célia, sei bem o que está sentindo..´.às vezes parece que não tenho opnião e às vezes tenho todas as opniões....sei que quero ser mãe. Acho que já é o bastante.
Uma hora nosso sonho se realizará.
Nada é por acaso...uma luz divina vai te iluminar.
Bjs.

Cris disse...

Olá, não sei bem como vim para aqui ao teu cantinho!!!
Fui lendo os teus posts e resolvi parar neste para te dar uma palavrinha!!!
Se é normal ou não, não te sei dizer...mas que não és a unica a sentir-te assim, isso não!
Faço parte dessa lista, de "quam acorda de manhã sem saber o que deseja para o dia"!!!
Também sou mãe de um anjinho, o meu partiu com 22 meses! Foi a melhor coisa da nossa vida...e a maior dor que algum dia passamos...
Já passaram 20 meses que ele partiu...em 20 meses já quis muito muito ser mãe novamente...já quis ser mãe ontem...já quis não ser mãe jamais...já quis esperar...já quis fazer acontecer...já quis ter menino...já quis ter menina...já quis ter gémeos...já quis tanta coisa que nem me lembro!!!
Neste momento, não quero nada...não quero ter mais filho algum...e acho que jamais vou querer!!!
São situações muito diferentes de vida, mas ambas muito marcantes...

Neste momento sou "mãe" de 4 piolhitos...sou ama e durante o dia tenho 4 pestinhas que me dão enormes abracinhos, deliciosos beijinhos e grandes dores de cabeça...fazem-me feliz!!!
Dão-me o que me falta e acho que isso me faz não querer mais filhos...não por não querer, porque quero...mas por ter tanto mas tanto mas tanto medo de ver algum dia um filho voltar a sofrer aquilo que o nosso sofreu...esse medo faz-me confortar com a dor de não ter mais nenhum!!!

Sei que um dia, quando mais velha, me vou arrepender profundamente desta minha decisão...
Mas neste momento não consigo ser melhor mãe do que assim como sou...
Não me vejo a ser novamente mãe de ninguém, de ser mãe coma calma necessária que qualquer filho merece...com a tranquilidade de alma que eles precisam...Seria uma mãe desesperada, desaustinada, preocupada, e que veria problemas onde eles jamais existem...seria uma mãe stressada, irritada, angustiada e não me parece que nenhum filho mereça uma mãe assim...

Mas minha querida, não percas tu a fé, o desejo, o sonho...porque ser mãe de um bébé dentro de nós é maravilhos, mas viver o dia a dia com o nosso filho nos braços é a melhor coisa que podemos ter na vida, não há sentimento maior e melhor que esse...
E tu mereces com certeza, e vais conseguir concerteza...

E para terminar, só dizer que todos os pensamentos, por mais loucos que pareçam, são saudáveis...são sinais de luto de quem ama e sofre...

Desejo-te toda a felicidade do mundo...desejo-te toda a calma e tranquilidade que precisas...e que o vosso anjinho vos vai proteger sempre e dar uma ajudinha lá de cima, para que possam dar-lhe um maninho/a...
Tudo de bom e muita muita força!!!

(não precisas publicar esta mensagem,caso não o queiras)

Beijinho